A Serenada: Tranquilidade e bons vinhos na Serra de Grândola

O para a frente ato de tomar um copo de vinho branco no segundo especial, faz a distinção. Imperturbável, na brandura da Serra de Grândola, A Serenada – Enoturismo possuir esse impacto regenerador.

A propriedade residencial está na entes queridos há ainda mais de três séculos. Maria Jacinta Sobral da Silva e Manuel da Silva requalificaram um monte cedo e construíram outros espaços. Alcançaram um centro desejável, rodeado de pinheiros mansos, sobreiros, oliveiras e vinhedos. Natureza junto com saciedade e vistas deslumbrantes… Em dias favoráveis, consegue-se vista a Serra da Arrábida, o oceano e o farol do Cabo Espichel.
Um técnica pedestre de esgrima de 2 km permite cumprir as cores, formas e aromas da vegetação. E, na direção de os que preferem a contemplação à tarefa, há vários caminhos possíveis… Se estiver {frio}, aqueça-se à lareira na sala usual e aprecie a Jardim através da generosa vidraça, alternando um de o vinho branco, os livros e o o aconchego das mantas. A área de estar junto com o telescópio, ao longo à receção, Além disso agrada. Com luz solar, faça um experiência de {bicicleta}, explore as varandas, esplanada, jardins, camas de sistema e, sobretudo, a {piscina} infinita junto com ver panorâmica na direção de o paraíso.

A Serenada – Enoturismo (dado que €90) abriu direto para 2013 junto com seis quartos (duplos, deluxe, notável e duas suites panorâmicas) junto com nomes de castas existentes na propriedade residencial. Deverão furar ainda mais oito, direto para 2019. A decoração faz-se de materiais sustentáveis e junto com relação à área, quão a cortiça. Recorreu-se Contudo à investimento e restauro de peças antigas – Mobília doméstica, candelabros e candeeiros, a que se junção a tapeçaria e outros produtos adquiridos direto para mercados de antiguidades e que espelham “aquilo que o Alentejo Tempo e é”.

Leia mais:  Sushi, cocktails e DJ. Há um novo japonês a dar que falar em Tavira

Essencial ao trabalho é o enoturismo. A vinha foi plantada no início dos anos 60, pelo papai de Jacinta. Contam-se 11 referências, um de brancos, tintos e um rosé, que podem seja realmente conhecidos marcando um comendo vínico no bistro. “Melhor do que um maravilhoso vinho branco ou mesmo uma boa refeições, só os dois todos juntos”, refere Maria Jacinta Sobral da Silva na tenha em mente introdutória à perícia gastronómica.

Os vinhos são “criteriosamente selecionados” na direção de harmonizar junto com os pratos e produzir sobressair o terroir da Serenada. Prove as Tábuas de queijos e enchidos, as Bochechas de porker direto para vinho branco tinto (que vão devidamente junto com um Cepas Cinquentenárias tinto) e a Mousse de chocolate escuro junto com óleo e vinho branco, um de outras sugestões.

Estão disponíveis provas de vinhos (dado que €10) n’A Serenada (RIC 1265, Outeiro André, Sobreiras Altas, Grândola. Tel. 269 498 014), que poderão consistem em degustações de produtos regionais. Os workshops vínicos (Mínimo requerido dez indivíduos, Através dos €60/pax), junto com evidências de vinhos, ver às vinhas na companhia da enóloga e ver à frasqueira.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook e no Instagram!


Você está assistindo: A Serenada: Tranquilidade e bons vinhos na Serra de Grândola

Fonte: https://portowords.com

Categoria: viajar

Leave a Reply