O que significa o sinal vertical? (2193)

Questão IMT: O que significa o sinal vertical?

O que significa o sinal vertical?

  • AQue o trânsito nos dois sentidos passa a fazer-se exclusivamente numa só via.
  • BQue vou encontrar uma curva e contracurva à direita.
  • CSupressão de via de trânsito.

Explicação

Esta questão ainda não possui teor facilitar.

Comentários

Estas são as regras básicas dos comentários, todos os comentários que não cumpram estas regras serão removidos.

  • Antes de colocar a sua incerteza deve consultar a explicação e material de estudo que disponibilizamos na questão e ainda todos os comentários já presentes;
  • Dúvidas não relacionadas com a questão devem ser colocadas através do nosso formulário de contacto;
  • As afirmações devem ser fundamentadas com o código da estrada ou outros documentos oficiais para evitar que possa induzir em erro os restantes utilizadores;

Reservamos o recta de exclusivamente ratificar e responder a comentários que achamos relevantes para a discussão da questão.


Você está assistindo: O que significa o sinal vertical? (2193)

Manancial:https://portowords.com
Categoria: significa

O que significa o sinal de perigo? (1557)

Questão IMT: O que significa o sinal de perigo?

O que significa o sinal de transe?

  • ANeve ou gelo.
  • BPavimento escorregadio.
  • CProjecção de gravilha.
  • DVisibilidade insuficiente.

Explicação

Esta questão ainda não possui teor facilitar.

Comentários

Estas são as regras básicas dos comentários, todos os comentários que não cumpram estas regras serão removidos.

  • Antes de colocar a sua incerteza deve consultar a explicação e material de estudo que disponibilizamos na questão e ainda todos os comentários já presentes;
  • Dúvidas não relacionadas com a questão devem ser colocadas através do nosso formulário de contacto;
  • As afirmações devem ser fundamentadas com o código da estrada ou outros documentos oficiais para evitar que possa induzir em erro os restantes utilizadores;

Reservamos o recta de unicamente subscrever e responder a comentários que achamos relevantes para a discussão da questão.


Você está assistindo: O que significa o sinal de perigo? (1557)

Manadeira:https://portowords.com
Categoria: significa

O que significa LoL? – Gírias em inglês

Uma frase que não teria sido criada se não fossem as redes sociais e os aplicativos de conversa. E mais um exemplo de frase que perdeu seu significado, ou melhor, mudou o seu significado com o passar do tempo.

Inicialmente, era utilizada porquê a abreviatura de Lots of Laughs (muitas risadas) ou Laughing out Loud (rindo muito superior) e era usado em uma conversa quando alguém dizia alguma coisa muito engraçada ou mandava qualquer gif ou figurinha que faziam a pessoa do outro lado da tela transfixar aquele sorriso.

A frase se tornou muito popular, mas muito mesmo e passou a ser utilizada de forma exagerada. Quando uma pessoa não tinha o que responder, usava LoL, quando a piada não era tão engraçada, o LoL também era usado. E assim, seu significado foi mudando e hoje a frase é mais conhecida porquê Lack of Laughter, ou seja, falta de risada, privação de risos. No bom e velho português, é alguma coisa porquê aquele sorriso sem perdão.

Atualmente, dentre os seus significados, os mais comuns são:

– Eu não tenho mais zero a expressar nesta conversa;

– Eu tô com preguiça de ler o que você escreveu, por isso vou digitar qualquer coisa para você descobrir que ainda estou prestando atenção;

– O que você acabou de expressar não tem a mínima perdão, mas vou fingir que achei risonho;

– Essa droga desse LoL já está tão impregnado na minha mente que tenho que usar em todas as minhas conversas, mesmo que isso não queira expressar zero para mim.

Pois é, o significado mudou e antes alguma coisa que era usado para coisas engraçadas de verdade hoje em dia está pleno de ironia, de deboche. Logo, desvelo ao usar a frase, pois você pode findar debochando de uma pessoa quando na verdade achou super engraçado o que ela disse…

Ah, mas tem um pormenor: essa frase tem um significado peculiar quando enviada para as mães. Significa Lots of Love (muito paixão). O problema é que a maioria das mães não sabe desse significado e acaba achando que o fruto está rindo da face dela quando na verdade ele está dizendo que a nutriz…

Eu prefiro muito mais esse último significado e acho que deveria mudar de vez para muito paixão. O mundo está precisando mais de paixão do que de risadas…

Você está assistindo: O que significa LoL? – Gírias em inglês

Natividade:https://portowords.com
Categoria: significa

O que é TPM e quais seus sintomas?

A TPM, ou síndrome pré-menstrual, é uma quesito muito generalidade. Conheça seus sintomas e tratamento

A TPM, ou síndrome pré-menstrual, é uma quesito física conhecida por afetar o estado emocional, físico e o comportamental da mulher durante certos dias do ciclo menstrual, geralmente pouco antes da mênstruo.

A TPM é uma quesito muito generalidade. Seus sintomas afetam até 85% das mulheres.

Os sintomas da TPM começam entre cinco e onze dias antes do período menstrual e geralmente desaparecem quando a mênstruo começa. A culpa da TPM é desconhecida. No entanto, muitas pesquisadoras acreditam que ela esteja relacionada a uma mudança nos níveis de hormônios sexuais e da serotonina no início do ciclo menstrual.

Os níveis de estrogênio e progesterona aumentam durante certos períodos do mês. Um aumento desses hormônios pode motivar alterações de humor, impaciência e irritabilidade. Os esteroides ovarianos também modulam a atividade em partes do cérebro associadas a sintomas pré-menstruais.

A serotonina é uma substância química presente no cérebro e no tripa que é capaz de afetar o humor, as emoções e os pensamentos. Por isso, as mudanças nos níveis desse hormônio no período da TPM podem afetar de maneira significativa o estado da pessoa.

Fatores de risco para TPM incluem:

  • Histórico de depressão ou transtornos de humor, uma vez que depressão pós-parto ou transtorno bipolar;
  • Precedente familiar de TPM;
  • Histórico familiar de depressão;
  • Violência doméstica;
  • Afronta de substâncias;
  • Traumatismo físico;
  • Traumatismo emocional;

Condições associadas incluem:

  • Dismenorreia;
  • Transtorno depressivo maior;
  • Transtorno afetivo sazonal;
  • Distúrbio de impaciência generalizada;
  • Esquizofrenia;

Sintomas da TPM

O ciclo menstrual da mulher dura em média 28 dias. A ovulação, período em que um óvulo é liberado dos ovários, ocorre no 14º dia do ciclo. A mênstruo, ou sangramento, ocorre no dia 28 do ciclo. Os sintomas da TPM podem iniciar por volta do dia 14 e persistir até sete dias depois o início da mênstruo.

Os sintomas da TPM costumam ser leves ou moderados. Quase 80% das mulheres relatam um ou mais sintomas que não afetam substancialmente a rotina, de congraçamento com a revista American Family Physician.

De 20 a 32% das mulheres relatam sintomas moderados a graves que afetam qualquer vista da vida. De 3 a 8% relatam possuir transtorno disfórico pré-menstrual. A seriedade dos sintomas pode variar por pessoa e por mês. Os sintomas da TPM incluem:

  • Inchaço abdominal;
  • Dor abdominal;
  • Mamas doloridas;
  • Acne;
  • Desejos por comida, principalmente doces;
  • Prisão de ventre;
  • Diarreia;
  • Dores de cabeça;
  • Sensibilidade à luz ou som;
  • Fadiga;
  • Irritabilidade;
  • Mudanças nos padrões de sono;
  • Sofreguidão;
  • Depressão;
  • Tristeza;
  • Explosões emocionais.

Quando procurar ajuda médica

Procure ajuda médica se a dor física, alterações de humor e outros sintomas começarem a afetar sua vida diária ou se os sintomas não desaparecerem. O diagnóstico da TPM é feito quando você tem mais de um sintoma recorrente no período correto que é grave o suficiente para motivar comprometimento e está ausente entre a mênstruo e a ovulação. O seu médico também deve descartar outras causas, uma vez que:

  • Anemia;
  • Endometriose;
  • Doença da tiroide;
  • Síndrome do tripa irritável (SII);
  • Síndrome da fadiga crônica;
  • Problema no tecido subjuntivo ou doenças reumatológicas.
  • Hipertireoidismo e hipotireoidismo

Sua médica pode perguntar sobre o histórico de depressão ou transtornos de humor na família para ordenar se seus sintomas são resultado de TPM ou outra quesito. Algumas condições, uma vez que SII, hipotireoidismo e gravidez, apresentam sintomas semelhantes aos da TPM. A médica pode fazer um teste de hormônio da tireoide para prometer que sua glândula tireoide esteja funcionando adequadamente, um teste de gravidez e, possivelmente, um fiscalização pélvico para verificar se há qualquer problema ginecológico.

Manter um quotidiano de seus sintomas é outra maneira de saber se você tem TPM. Use um calendário para escoltar seus sintomas e a mênstruo todos os meses. Se os seus sintomas começarem na mesma era todos os meses, a TPM é uma culpa provável.

Uma vez que atenuar os sintomas da TPM

A TPM não tem tratamento, mas é provável adotar alguns hábitos para atenuar seus sintomas. Se você tem uma forma ligeiro ou moderada de síndrome pré-menstrual, as opções de tratamento incluem:

  • Tomar muita chuva para atenuar a retenção de líquidos;
  • Possuir uma dieta balanceada para melhorar o nível universal de saúde e virilidade, o que significa ingerir muita fruta e vegetais e reduzir a ingestão de açúcar, sal, refinados, glúten, cafeína e álcool;
  • Tomar suplementos, uma vez que ácido fólico, vitamina B-6, cálcio e magnésio para reduzir cólicas e alterações de humor;
  • Tomar vitamina D para reduzir os sintomas;
  • Dormir pelo menos oito horas por noite para reduzir a fadiga;
  • Praticar exercícios moderados para diminuir o inchaço e melhorar a saúde mental;
  • Reduzir o estresse, uma vez que por meio da atividade física e da leitura;
  • Fazer terapia comportamental cognitiva, que tem se mostrado eficiente.

Você pode tomar medicação para a dor, uma vez que ibuprofeno ou aspirina, para atenuar dores musculares, dores de cabeça e cólicas estomacais. Você também pode tentar um diurético para diminuir o inchaço. Mas tome medicamentos e suplementos unicamente depois de procurar ajuda médica.

TPM grave: transtorno disfórico pré-menstrual

Casos mais graves da TPM são raros. Uma pequena porcentagem de mulheres que apresentam sintomas graves têm transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM), que afeta entre 3 e 8% das mulheres.

Os sintomas do transtorno disfórico pré-menstrual podem incluir:

  • Depressão;
  • Pensamentos de suicídio;
  • Ataques de pânico;
  • Sofreguidão extrema;
  • Raiva intensa;
  • Crises de pranto;
  • Falta de interesse nas atividades diárias;
  • Insônia;
  • Dificuldade para pensar ou focar;
  • Compulsão cevar;
  • Dor intensa;
  • Inchaço.

Os sintomas do transtorno disfórico pré-menstrual podem ocorrer devido a alterações nos níveis de estrogênio e progesterona. Mas também existe uma relação entre baixos níveis de serotonina e o transtorno disfórico pré-menstrual.

Seu médico pode fazer o seguinte para descartar outros problemas médicos:

  • Inspecção físico;
  • Inspecção ginecológico;
  • Hemograma completo;
  • Teste de função hepática;

Eles também podem recomendar uma avaliação psiquiátrica. Uma história pessoal ou familiar de depressão grave, desfeita de substâncias, traumas ou estresse podem desencadear ou piorar os sintomas do transtorno disfórico pré-menstrual.

O tratamento varia. Seu médico pode recomendar:

  • Treino quotidiano;
  • Suplementos vitamínicos, uma vez que cálcio, magnésio e vitamina B-6;
  • Dieta livre de cafeína;
  • Aconselhamento individual ou em grupo;
  • Aulas de gerenciamento de estresse;
  • Drospirenona e etinilestradiol em comprimido, que é a única pílula anticoncepcional aprovada pela Food and Drug Administration para tratar os sintomas do transtorno disfórico pré-menstrual.

Se os sintomas do TDPM não melhorarem, o médico pode prescrever um antidepressivo inibidor seletivo da recaptação da serotonina. Esse medicamento aumenta os níveis de serotonina no cérebro e tem muitos papéis na regulação da química do cérebro que não se limitam à depressão. Seu médico também pode sugerir terapia cognitivo-comportamental, que é uma forma de aconselhamento que pode ajudá-lo a entender seus pensamentos e sentimentos e a mudar seu comportamento.

Peroração

Você não pode evitar a TPM ou o TDPM, mas os tratamentos descritos supra podem ajudar a reduzir a seriedade e a duração de seus sintomas.

Os sintomas de TPM e TDPM podem recorrer, mas geralmente desaparecem depois o início da mênstruo. Um estilo de vida saudável e um projecto de tratamento abrangente podem reduzir ou expelir os sintomas da maioria das mulheres. Para saber remédios naturais para a TPM, dê uma olhada na material: “Receitas de remédio oriundo para TPM“.


Você está assistindo: O que é TPM e quais seus sintomas?

Natividade:https://portowords.com
Categoria: significa

o que é e qual a relação com a OMS?

Funcionários do aeroporto com máscaras de cirurgia. Conteúdo sobre Estado de Emergência.

Foto: Fernando Frazão/Agencia Brasil.

Diversos países porquê a Itália e Brasil e cidades porquê Novidade York acabaram por declarar estado de emergência face à epidemia do novo coronavírus. A enunciação tem de ser feita exclusivamente em situações fora do generalidade e o governo pode modificar algumas de suas funções para melhor enfrentá-la, seja esta situação causada por desastres naturais, crises políticas ou econômicas e até mesmo epidemias, porquê é o caso do Covid-19.

O que é o estado de emergência e quando pode ser proferido? 

O estado de emergência é um termo usado em situações extraordinárias e têm de ser declarada pelo governo, face à uma ameaço direta que pode promover instabilidade no país. Geralmente, a regulamentação para a sua enunciação está na Constituição de cada Estado, sendo proferido em casos de desastres naturais, crises financeiras ou econômicas, situações de guerra ou epidemias, porquê é o caso do novo coronavírus.

Ao declarar estado de emergência, o governo pode suspender algumas das suas funções básicas e colocar em prática planos específicos para nascente tipo de situação, que acabam por limitar totalidade ou parcialmente os direitos da sua população por conta desta situação fora do generalidade.

No Brasil, o governo federalista pode estatuir o estado de resguardo ou o estado de sítio e esta enunciação tem de ser feita exclusivamente pelo Presidente da República. O regulamento do estado de resguardo e de sítio estão disponíveis nos artigos 136.º a 141.º da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988.

E o que é o Estado de Resguardo?

O Estado de Resguardo deve ser decretado pelo Presidente da República de modo a manter ou restabelecer a ordem pública que foi desestabilizada por um facto fora do normal, porquê por exemplo um sinistro proveniente ou uma crise política. Neste decreto, tem de estar determinado a sua duração, as suas áreas de atuação e as possíveis medidas restritivas, tais porquê as restrições à alguns direitos civis e políticos.

A duração do Estado de Resguardo não pode ser superior a trinta dias, mas pode ser renovada uma vez caso as circunstâncias se mantenham. Posteriormente o decreto feito pelo Presidente, é necessário a aprovação do Congresso num prazo de 24 horas e caso seja rejeitado, o estado de resguardo é terminado.

O Estado de Sítio

Relativamente ao Estado de Sítio, o Presidente da República pode solicitar ao Congresso uma autorização para o decreto se as medidas tomadas durante o estado de resguardo se mostrarem ineficazes ou em casos de guerra.

Ao fazer o pedido ao Congresso, o Presidente deve referir os motivos, a sua duração, as normas da sua realização e o decreto tem de ser confirmado por maioria absoluta. Durante o período de estado de sítio, alguns direitos da população também podem permanecer temporariamente suspensos, porquê por exemplo a liberdade de livre informação e de reunião entre as pessoas.

Em caso de vigência tanto do estado de resguardo quanto do estado de sítio, o Congresso escolherá uma percentagem composta por 5 pessoas para seguir as ações tomadas durante estes períodos. Quando as situações anormais terminam, os efeitos do estado de resguardo ou de sítio também acabam.

Contextura estadual e municipal

Já no contextura estadual e municipal, o governo pode estatuir situação de emergência ou estado de calamidade pública, sendo decretado pelo governador ou prefeito (caso seja proferido pelo prefeito, tem de ser reconhecido pelo governador).

Quando o Estado se encontra numa situação inesperada que compromete parcialmente a capacidade de resposta do poder público, pode-se declarar uma situação de emergência. Isso aconteceu no término de Janeiro de 2020 em MG, onde 101 cidades decretaram situação de emergência por conta das chuvas.

Já o estado de calamidade pública é decretado quando o poder público é comprometido na sua base, na sua estrutura fundamental diante desta situação fora do normal.

Quais são os elementos fundamentais para declarar o estado de emergência? 

Três agentes do ministério da saúde do Peru sentados apresentando o debate sobre o Coronavírus. Ao fundo, uma placa com as informações do vírus em espanhol. Conteúdo sobre Estado de Emergência.

Em março de 2020, o Ministério da Saúde do Peru relatou novos casos de coronavírus no país. Foto: Ministerio de Salud del Peru/Fotos Públicas.

Segundo o Meio de Genebra para Governança do Setor de Segurança (DGAF), o estado de emergência geralmente é formado por duas estruturas: uma permitido, que consiste na base legislativa e constitucional; e outra operacional, ou seja, o projecto estratégico que será aplicado durante o estado de emergência.

Ambas as estruturas devem ser complementares, agindo em conjunto para dar uma melhor resposta à situação de emergência. Por conta disso, a estrutura operacional deve levar em consideração a estrutura permitido, incluindo ainda os princípios do Recta Internacional.

Apesar de cada país poder definir os seus parâmetros relativamente ao estado de emergência, o Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos define alguns princípios que devem ser respeitados nestas situações:

  • Enunciação solene para a comunidade internacional;
  • Situação extraordinário que ameace o país em questão;
  • Boa informação, de modo que a comunidade sítio saiba quais são as medidas tomadas contra a provável ameaço;
  • O projecto de ação do governo durante o estado de emergência tem de ser proporcional às ameaças causadas pela situação;
  • O projecto operacional não pode ser incompatível com os Direitos Humanos e não deve ter nenhum tipo de discriminação, seja por motivos de raça, cor, orientação sexual, gênero, língua, religião, entre outros.

Estado de emergência global e o papel da OMS

Mesmo que não exista uma estrutura de governo internacional, organizações relevantes na comunidade internacional porquê a Organização Mundial da Saúde (OMS), subsidiária da Organização das Nações Unidas (ONU), podem estatuir estado de emergência nas suas respectivas áreas de atuação.

A emergência internacional de saúde é definida pela OMS no seu Regulamento Sanitário Internacional porquê “uma situação extraordinária que constitui um risco de saúde pública para outros Estados através da disseminação internacional de doenças e por potencialmente exigir uma resposta internacional coordenada”. Desde a sua geração em 1948, a OMS decretou algumas vezes estado de emergência de saúde global, que foram:

  • Gripe H1N1 em 2009: OMS declara estado de pandemia por conta da gripe, que causou 284 milénio mortes.
  • Vírus Zika em 2016: por volta de 30 países tiveram casos de bebês nascidos com malformações que têm relação com nascente vírus, sendo nascente disseminado maioritariamente por picada de mosquito.
  • Ébola na República Democrática do Congo em 2019: apesar do risco de epidemia continuar a ser elevado dentro do país e o risco de expansão para outras regiões era plebeu, a OMS declarou o estado de emergência internacional já que o surto acontecia desde 2018 e “quando foi decretada emergência internacional, o surto já tinha provocado quase 1700 mortos e registrava a cada dia 12 novos casos de infecção”.

Geralmente, a Organização declara estados de emergência de saúde global somente quando é de vestuário necessário, e, por conta do progresso rápido nos casos relativos ao coronavírus, acabou por estatuir o estado de emergência de saúde pública internacional.

Segundo o léxico Priberam, pandemia é um “surto de uma doença com distribuição geográfica internacional muito alargada e simultânea”. De conformidade com o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, o coronavírus (Covid-19) possui um potencial pandêmico mas porquê não é harmonizável com a definição de pandemia, o uso da termo não é adequado.

Apesar da enunciação da OMS, alguns teóricos porquê o professor Jimmy Whitworth da Universidade de Londres discorda, visto que a transmissão do vírus está sendo contínua em diversas partes do planeta.

E o que acontece depois a enunciação do estado de emergência pela OMS em relação ao coronavírus?

Com a enunciação da OMS, existem diversas recomendações de prevenção e contenção do surto, entre elas:

  • Informar a população sobre a evolução da epidemia, muito porquê as medidas de prevenção e contenção adotadas pelo poder público.
  • Prometer a eficiência dos sistemas de saúde na contenção do surto.
  • Supervisionar as regiões mais afetadas pelo vírus e buscar possíveis novos casos
  • Colaborar com a OMS e outras organizações de modo a entender a doença e as medidas para a sofrear
  • Prevenir a disseminação da doença, porquê por exemplo fazer exames em aeroportos de modo a identificar com antecedência os sintomas e possíveis tratamentos.

A categorização da epidemia do Covid-19 porquê uma emergência de saúde pública internacional possui também um caráter político, alertando à comunidade internacional sobre as medidas de cooperação que devem ser tomadas para sofrear a disseminação da doença e das suas possíveis consequências, tanto na espaço da saúde quanto na economia e política internacionais.

Gostou desse teor? Compartilha com a gente a sua opinião nos comentários!

REFERÊNCIAS

Folha: Para entender o que é estado de sítio, de resguardo, de calamidade pública e situação de emergência

Meio de Genebra para Governança do Setor de Segurança (DGAF)

BBC: O que é uma pandemia e por que o atual surto de coronavírus ainda não é uma

Ministério Público Portugal: Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos

Observador: O que significa um estado de emergência de saúde pública internacional?

Você está assistindo: o que é e qual a relação com a OMS?

Manancial:https://portowords.com
Categoria: significa

Hipersinal em T2: O que Significa?

Frequentemente nos perguntam o que o Hipersinal em T2, que é um encontrado no laudo do vistoria de sonância magnética.

Nos temos duas intensidades básicas da sonância magnética: T1T2.

No T1, a chuva, as coisas aquosas ficam pretas, no T2, as coisas aquosas ficam brancas, com o sinal aumentado.

O hipersinal é um sinal aumentado, significa que tem líquido naquela região.

Existe uma outra incidência de sonância magnética onde você elimina a gordura, que também fica branca em T2

O hipersinal em T2 é relacionado a edema, líquido, inflamação e precisa ser diferenciado de gordura com outras intensidades na sonância magnética. 

Você está assistindo: Hipersinal em T2: O que Significa?

Natividade:https://portowords.com
Categoria: significa

Fase de mitigação começou à meia-noite. O que significa isto? | Coronavírus

A directora-geral da Saúde, Perdão Freitas, afirmou esta quarta-feira, durante a conferência de prensa diária com a actualização dos dados sobre a pandemia de covid-19, que Portugal entrará na temporada de mitigação da doença às 00h00 de quinta-feira. “Estamos na temporada 3.2. Temos transmissão comunitária. Não é superabundante nem descontrolada, mas existe”, afirmou Perdão Freitas. Esta temporada corresponde ao nível de alerta e resposta mais saliente, sendo esta a temporada mais grave de contágio.

https://www.publico.pt/2020/03/25/sociedade/noticia/about:blank

“À meia-noite, vai entrar [em vigor] um novo projecto para abordar a covid-19”, notou, acrescentando que passaremos agora “das medidas da temporada de contenção para as medidas da temporada de mitigação”. Perdão Freitas salientou ainda que “uma vez que em todas as mudanças, a temporada de transição pode ter alguma turbulência”, uma vez que “não se muda de paradigma assistencial de um dia para outro sem que exista turbulência.

Mas o que é a “temporada de mitigação” e que níveis de alerta e resposta existem?

O Projecto Vernáculo de Preparação e Resposta à Doença por novo coronavírus (covid-19), divulgado pela Direcção-Universal da Saúde (DGS), estabelece as “orientações estratégicas necessárias ao sector da Saúde face a esta prenúncio em Saúde Pública”. “Para oriente efeito, foram desenhados níveis de alerta e reposta para Portugal, integrando evidência técnica e científica, pátrio e internacional. As fases de respostas incluem três níveis e seis subníveis, de negócio com a avaliação de risco para covid-19 e o seu impacto para Portugal”, descreve o documento.

Depois a temporada de preparação, na qual “não existe epidemia ou epidemia concentrada fora de Portugal”, entrámos nas seguintes fases de resposta previstas no projecto estratégico das autoridades:

Níveis das fases de preparação, resposta e recuperação
DIRECÇÃO-GERAL DA SAÚDE

1. Contenção

O primeiro nível de alerta e resposta corresponde a “uma situação em que o risco de covid-19 em Portugal é insignificante, sendo por isso uma Fase de Contenção, com concentração de meios de resposta em contingência”.

Depois a identificação dos primeiros contágios, durante a temporada de “contenção” o epicentro é identificado fora de Portugal, mas com a possibilidade de transmissão internacional. É também durante esta temporada em que são identificados casos importados na Europa.

2. Contenção alargada

O nível de alerta 2 corresponde à “contenção alargada”, durante a qual se identificam cadeias secundárias de transmissão na Europa e casos importados em Portugal, sem cadeias secundárias. Cá o nível de risco de covid-19 em território pátrio passa a moderado, sendo importante “a detecção precoce dos casos covid-19” e o reforço da resposta e medidas de contenção por segmento das autoridades “para evitar cadeias secundárias em Portugal”.

https://www.publico.pt/2020/03/25/sociedade/noticia/about:blank

3. Mitigação

O nível 3 (nível vermelho de alerta, o mais saliente) corresponde à temporada de “mitigação” e pressupõe a “presença de casos de covid-19 em território pátrio”, dividindo-se em dois subníveis: nível 3.1. — “cadeias de transmissão em ambientes fechados”; nível 3.2. — “cadeias de transmissão em ambientes abertos”.

Durante esta temporada, “as cadeias de transmissão do covid-19 já se encontram estabelecidas em Portugal, tratando-se de uma situação de epidemia/pandemia activa”. As medidas de contenção passam a ser insuficientes e “a resposta é focada na mitigação dos efeitos do covid-19 e na subtracção da sua propagação, de forma a minimizar a morbimortalidade — a relação entre o número mortes provocadas pela doença, num determinado sítio e período de tempo — e/ou até o surgimento de uma vacina ou novo tratamento eficiente”.

Isso implica, segundo o projecto da DGS, que todos os hospitais do SNS sejam chamados a dar resposta, que os hospitais do sector privado e social sejam envolvidos na temporada de diagnóstico e na gestão de casos, que o isolamento de doentes possa ser feito em morada e que o uso de máscara possa ser recomendado para pessoas com “susceptibilidade acrescida” em contextos de grandes aglomerados ou nos serviços de saúde.

A partir da meia-noite desta quinta-feira, os hospitais e centros de saúde ter-se-ão que adequar a novas regras para dar resposta à temporada novo da doença em Portugal.

https://www.publico.pt/2020/03/25/sociedade/noticia/about:blank

No entanto, a DGS sublinha que “a evolução epidemiológica da infecção determinará o ajuste inesperado das respostas” que serão “continuamente actualizadas e ajustadas à medida que surjam conhecimentos mais precisos sobre o comportamento do vírus nas comunidades humanas, dinâmica de transmissão e flutuação de respostas e consequências clínicas em função das características pessoais de cada pessoa infectada”.

A última temporada é a de recuperação, período em que a “diligência da doença decresce em Portugal e no mundo”.

Portugal regista, neste momento, 43 mortes devido ao novo coronavírus e 2995 casos de infecção, segundo o último boletim epidemiológico divulgado esta quarta-feira pela DGS. Com Lusa.

Você está assistindo: Fase de mitigação começou à meia-noite. O que significa isto? | Coronavírus

Natividade:https://portowords.com
Categoria: significa

Como é que se define o tamanho certo?

O tamanho de soutien é formado por um número (por exemplo: 32) e uma letra (por exemplo: D). O número define o perímetro do tórax e a letra define o tamanho do peito.

Como é que se tiram medidas? Para medir correctamente o tamanho das costas temos de colocar a fita métrica por debaixo dos seios na traço nivelado, em expiração e apertando muito. Para chegar ao tamanho correcto de costas aconselha-se um tamanho de tórax mais pequeno do que a medida real em centímetros, geralmente menos cinco a dez cm. Por exemplo: uma mulher que meça 71 cm no tórax deve utilizar o tamanho 30 ou 28 (65 cm ou 60 cm).  O que costuma sobrevir é que as mulheres escolhem o tamanho de tórax igual ou superior do seu verdadeiro. Ou seja, com a medida de 71 cm no tórax escolhem o tamanho 34 ou 36 (o que corresponde 75 cm e 80 cm).

O soutien correcto tem que estar adequadamente esticado e fechado exclusivamente no fecho mais largo de forma a maximizar o seu tempo de vida. Isto é, à medida que o elástico se vai alargando, poder-se-á recorrer sucessivamente aos fechos mais curtos, permitindo manter o aperto adequado durante mais tempo.

Para se medir correctamente o peito, temos de pôr a fita métrica no sítio mais volumoso do peito e estar em inspiração. O seio tem que encher a despensa e a despensa tem que escoltar todo seio. Vejam que os seios começam já por debaixo das axilas! Os seios não podem deslocar-se para cima, para inferior ou para os lados das copas. Peça ajuda a alguém para se medir correctamente! Em inferior apresento um quadro onde se pode observar medidas em centímetros e respectivos tamanhos.

Quando experimenta um soutien e chega à desfecho que levante está excessivo largo e, por isso, decide escolher um número mais pequeno nas costas, lembre-se que deve seleccionar copas maiores. Por exemplo, se a despensa de um soutien 34B lhe fica muito mas o fecho sobe, experimente 32C ou 32D. A diferença entre as copas é de 2,5 cm e entre os tamanhos de costas 5 cm.

Mas tirar correctamente as medidas não chega para que o soutien sirva muito. É preciso saber para que serve tanto o tamanho de costas porquê o tamanho de copas e porquê se veste correctamente um soutien. Tudo isso vou lhe apresentar mais tarde!

Lembre-se também que, para se chegar ao tamanho correcto, tem que testar soutiens de vários tamanhos de costas e copas. Às vezes isso pode demorar qualquer tempo.

Veja o filme que mostra a escolha do soutien patente (Bra-fitting). Manancial: www.simplyyours.co.uk

Veja o quadro. Para chegar ao seu tamanho, primeiro defina qual é a sua medida correcta no perímetro do tórax (no vertical) e depois procure a sua medida correcta do peito (no nivelado) e, por termo, verifique a letra que corresponde a esta média.

TabelaCostasCopas

Você está assistindo: Como é que se define o tamanho certo?

Manancial:https://portowords.com
Categoria: significa

Colesterol bom (HDL): o que é, para que serve e como aumentar

O colesterol bom, também espargido como colesterol HDL, é um tipo de colesterol importante para o bom funcionamento do corpo, pois atua no processo de eliminação de gorduras do organização, ajudando a prevenir doenças do coração. No entanto, para isso, é importante que os níveis de colesterol tanto em varão quando em mulheres estejam supra de 40 mg/dL e que os níveis de LDL, que é o colesterol ruim, seja menor que 130 mg/dL. Veja mais sobre os valores de referência do colesterol.

Para prometer os bons níveis de colesterol bom, é importante aumentar o consumo de vitualhas ricos em gorduras boas, como abacate, castanhas, mendubi e peixes gordos, como salmão e sardinha, além de praticar atividades físicas de forma regular.

Colesterol bom (HDL): o que é, para que serve e como aumentar

Para que serve o HDL

O colesterol HDL atua removendo as moléculas do gordura de dentro dos vasos e as direcionando para o fígado, onde são devidamente metabolizadas e eliminadas do corpo. Aliás, o colesterol bom possui ação anticoagulante, anti-inflamatória e antioxidante quando está em quantidades ideais no sangue, e auxilia na produção de hormônios, bile e vitamina D, que são importantes para o bom funcionamento do corpo.

Dessa forma, o colesterol HDL atua como protetor cardiovascular, prevenindo o desenvolvimento de doenças, como infarto, aterosclerose, AVC e trombose, por exemplo. Para que esses efeitos sejam possíveis, é importante que os níveis de HDL e LDL estejam adequados, isso porque níveis mais baixos de HDL ou níveis aumentados de LDL podem ter efeitos negativos para o corpo, aumentando o risco de doenças.

Como saber se o colesterol bom está plebeu

Para saber se o colesterol bom está plebeu é importante que seja realizado revista de sangue que avalia os níveis de colesterol circulantes. Assim, é normalmente indicado pelo cardiologista ou médico universal a dosagem do colesterol totalidade, HDL, LDL e triglicerídeos. Insira o resultado dos seus exames na calculadora a plebeu para saber se o seu colesterol está bom:

O colesterol HDL plebeu normalmente não leva ao surgimento de sinais ou sintomas, no entanto é verosímil suspeitar que o HDL está plebeu e o LDL tá quando existe excesso de gordura abdominal, a pessoa tem uma sustento rica em gordura e vitualhas industrializado e não pratica atividade física de forma regular.

O que fazer para aumentar

Para aumentar a concentração de colesterol HDL no sangue é importante que o nutricionista seja consultado para que seja feita uma orientação de conciliação com as necessidades nutricionais da pessoa e níveis de HDL e LDL circulantes. De forma universal, para aumentar o colesterol bom, é recomendado consumir vitualhas ricos em gorduras boas, como:

  • Peixes gordos, como salmão, sardinha e atum, pois são ricos em ômega-3;
  • Sementes como chia, linhaça e girassol, pois também são fontes naturais de ômega-3, além de serem ricas em fibras;
  • Frutas oleaginosas como castanha-de-caju, castanha-do-pará, mendubi, nozes e amêndoas;
  • Abacate e óleo, por serem ricos em gorduras insaturadas, que ajudam o colesterol.

Outra orientação importante é aumentar a atividade física, passando a fazer exercícios pelo menos 3 vezes por semana, pois ela ajuda a controlar o peso, regular a produção de colesterol e estimular a perda de gordural. Veja mais dicas do que consumir para melhorar o colesterol bom.

Assista ao vídeo a seguir e confira alguns exemplos de remédios caseiros para decrescer o colesterol:

Imagem representativa do vídeo

Você está assistindo: Colesterol bom (HDL): o que é, para que serve e como aumentar

Manadeira:https://portowords.com
Categoria: significa

Citomegalovírus: o que é, sintomas e tratamento

O citomegalovírus, também espargido porquê CMV, é um vírus da mesma família da herpes, que pode fomentar sintomas porquê febre, mal estar e inchaço na ventre. Assim porquê a herpes, esse vírus também está presente na maioria das pessoas, mas só provoca sintomas quando o sistema imune está enfraquecido, porquê acontece em mulheres grávidas, pessoas com HIV ou em pacientes a fazer tratamento contra o cancro, por exemplo.

Durante a gravidez, esse vírus é detectado através dos exames do pré-natal, mas geralmente é inofensivo e não provoca nenhuma mudança no bebê, principalmente quando a mulher foi infectada ainda antes de engravidar. No entanto, quando a mulher é infectada durante a prenhez, o vírus pode fomentar problemas porquê microcefalia e surdez no bebê.

Citomegalovírus: o que é, sintomas e tratamento

Principais sintomas

Normalmente, a infecção pelo CMV não motivo sintomas, sendo geral que a pessoa descubra que está infectado quando faz qualquer revista de sangue específico para o vírus.

No entanto, alguns sintomas podem surgir quando o sistema imunológico está ordinário, porquê por exemplo:

  • Febre supra de 38ºC;
  • Cansaço excessivo;
  • Inchaço da ventre;
  • Bojo dolorida;
  • Mal estar generalizado;
  • Inflamação do fígado;
  • Monstro natural;
  • Em pessoas com HIV/AIDS, pode ocorrer infecção na retina, fanatismo, encefalite, pneumonia e ulceras no tripa e esôfago..

Devido ao risco de provocar malformações no bebê todas as mulheres grávidas devem fazer o revista para detectar o vírus, mesmo sem os sintomas, de forma a iniciar o tratamento, se necessário, para evitar que o vírus afete o bebê. Entenda o que acontece quando o bebê é infectado pelo citomegalovírus.

Porquê diagnosticar

O diagnóstico da infecção pelo citomegalovírus é feito através de revista de sangue específicos, que mostram se existem anticorpos contra o vírus. Quando o resultado do revista traz o resultado reagente CMV IgM, indica que a infecção pelo vírus ainda está no início, mas se o resultado for reagente CMV IgG, significa que o vírus está presente há mais tempo no organização, permanecendo, portanto, por toda vida, assim porquê acontece com a herpes.

Na gravidez, caso o resultado seja reagente CMV IgM a pejada deve iniciar o tratamento com antivirais ou imunoglobulinas, para evitar a transmissão para o bebê. Veja porquê é feito o tratamento nestes casos.

Porquê é feito o tratamento

O tratamento para a infecção pelo citomegalovírus pode ser realizado com medicamentos antivirais, porquê Ganciclovir e Foscarnet, por exemplo, no entanto possuem elevada toxicidade para as células do sangue e para os rins, não sendo esse tratamento recomendado pelo médico, unicamente em situações especiais porquê na gravidez ou quando a infecção está muito desenvolvida, por exemplo.

Assim, normalmente é recomendado o uso de medicamentos analgésicos, porquê o Paracetamol, para atenuar os sintomas, porquê dores de cabeça e febre, por exemplo. Oriente tratamento normalmente dura muro de 14 dias e pode ser feito em moradia com o uso dos remédios indicados pelo médico, repouso e ingestão adequada de chuva.

Citomegalovírus: o que é, sintomas e tratamento

Principais complicações

As complicações da infecção pelo citomegalovírus ocorrem principalmente nas crianças que são infectadas pelo vírus durante a gravidez, e incluem:

  • Microcefalia;
  • Tardança no desenvolvimento;
  • Coriorretinite e fanatismo;
  • Paralisia cerebral;
  • Defeitos na formação dos dentes;
  • Paralisia de algumas partes do corpo, principalmente das pernas;
  • Surdez neurossensorial.

Já nos adultos, as complicações surgem quando a infecção se desenvolve muito, porquê acontece em pessoas com o sistema imune enfraquecido, resultando principalmente em fanatismo e perda dos movimentos das pernas, por exemplo.

Porquê acontece a transmissão do vírus

A transmissão do citomegalovírus pode ocorrer através do contato com secreções do corpo, porquê as da tosse e da seiva, através do contato íntimo com uma pessoa infectada ou por meio do compartilhamento de objetos contaminados, porquê copos, talheres e toalhas.

Outrossim, o vírus também pode ser transmitido através de transfusões sanguíneas ou de mãe para fruto, principalmente quando a mulher pejada é infectada durante a prenhez.

Porquê prevenir

Para prevenir a contaminação pelo citomegalovírus é importante lavar muito as mãos, principalmente antes e em seguida ir ao banheiro e trocar a fralda da moçoilo, por exemplo, além de lavar muito os mantimentos na hora de cozinhá-los. 

Outrossim, é importante usar preventivo nas relações sexuais e evitar dividir objetos pessoais com outras pessoas.

Você está assistindo: Citomegalovírus: o que é, sintomas e tratamento

Manadeira:https://portowords.com
Categoria: significa