«Cultura para Todxs» une 20 agentes educativos e culturais

O manifesto de cooperação do projeto «Cultura para Todxs», o novo compromisso do município de Faro com a democracia cultural que une 20 agentes educativos e culturais, vai ser assinado na próxima segunda-feira, 14.

As instituições envolvidas no projeto comprometem-se em “elaborar um plano de ação conjunta, articulado e estruturado de mediação cultural para o concelho de Faro”.

Além do município de Faro e do Plano Nacional das Artes, farão parte deste projeto Direção Regional de Cultura do Algarve, ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve, Amarelarte, Associação Recreativa e Cultural de Músicos, Associação 289, Cineclube de Faro, Delegação Regional de Educação do Algarve, Direção Regional de Cultura do Algarve, Instituto Português do Desporto e Juventude, Coletivo JAT – Janela Aberta Teatro, Museu Zer0, LAMA Teatro, Agrupamento de Escolas João de Deus, Agrupamento de Escolas Tomás Cabreira, o Agrupamento de Escolas Pinheiro e Rosa e Agrupamento de Escolas Afonso III.

A autarquia pretende, com esta iniciativa de mediação cultural, “potenciar caminhos comuns, reunindo agentes que trabalham com a educação e com a cultura por forma a garantir o acesso dos cidadãos à fruição e criação artística, em particular das crianças e jovens”.

A sessão de apresentação do projeto e de assinatura dos acordos de colaboração, marcada para o salão nobre da autarquia, às 18:00 horas, contará com a intervenção do presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, da diretora regional de Cultura do Algarve, Adriana Nogueira e do comissário do Plano Nacional das Artes, Paulo Pires do Vale.

Na mesma ocasião, o município e o Plano Nacional das Artes assinam uma declaração de colaboração com vista ao trabalho em rede no âmbito da mediação cultural, uma das componentes basilares do Plano Estratégico para a Cultura de Faro 2030.

Você leu a postagem:«Cultura para Todxs» une 20 agentes educativos e culturais

Leave a Reply