Da areia à aldeia: onde comer na Comporta

Da praia até à povoação, a Comporta dá a saber uma gastronomia rica, em que o arroz é denominador generalidade. Entre a frescura do que chega do mar e do estuário do Sado até à força dos produtos da terreno, siga a rota Boa Leito Boa Mesa pelos melhores restaurantes da Comporta.

Comporta Moca
As festas sunset são um clássico deste espaço, sempre muito concorridas e com DJ a ajudar na animação e a localização, com zonas de relax no areeiro, espreguiçadeiras, pufes e day-beds a ajudar à fest. No inverno serve só almoços e petiscos, mas nos meses quentes oriente é um espaço de subida rotação, de manhã à noite. Na esplanada conte com uma boa missiva de petiscos e snacks, das amêijoas à Bulhão Pato e dos mexilhões à Comporta ou com picante (€14) até aos Camarões ao alhinho (€16,50). Para seguir, zero melhor que uma refrescante sangria, de um ou dois litros. Ao final da tarde, os cocktails ganham vantagem. Depois, há sempre bom peixe para grelhar e arrozes míticos, porquê o de lingueirão, com amêijoas e camarão, e os tentadores Carabineiros com arroz de alho (€95/kg).
Praia da Comporta, Comporta. Tel. 265497652

Ilhéu do Arroz
Localiza-se na praia e é porquê o “rebento mais novo” do Museu do Arroz. O espaço exterior é muito aprazível, principalmente a dimensão mais recatada, quase escondida dos olhares de quem está na praia. A oferta nos dias quentes aposta em cocktails refrescantes, que podem matrimoniar na sublimidade com petiscos porquê os Bolinhos de arroz e o choco frito. Ao almoço e ao jantar (na sala interno) servem-se peixes e mariscos frescos e um ótimo Arroz de tamboril (€40).
Praia da Comporta, Comporta. Tel. 265490510

Leia mais:  AZOR Gin Premium: Espírito dos Açores

Museu do Arroz
Na estrada que liga a praia à povoação, situa-se um dos primeiros restaurantes de referência da Comporta, liderado por Isabel Roble. Em tempos foi a morada de uma fábrica de descasque de arroz. Atualmente, o Museu do Arroz é um espaço elegante com uma decoração cuidada, que combina os elementos históricos do prédio, com apontamentos modernos. Os bolinhos de arroz (€2/unidade) são um clássico nas entradas, com a ementa a refletir o território, em tachinhos, alguns para duas pessoas: Arroz de lingueirão, Arroz do mar com peixe do dia e camarão, e Arroz de choco com tinta, entre outros. Outras opções a considerar são os clássicos Linguadinhos fritos com arroz de tomate (€18). Durante a tarde aproveite a esplanada nas traseiras, com vista para a frasqueira da Herdade da Comporta.
Espaço Comporta, EN253, Km 1, Comporta. Tel. 265497555

São João
Restaurante pequeno (reserve sempre antes de ir!) e com uma decoração simples, que presta homenagem à região, tem porquê propósito maior servir bons pratos tradicionais em envolvente familiar. Enquanto escolhe tome atenção à garrafeira, com boas propostas da Península de Setúbal, e à supimpa e inusitada oferta de uísques. A ementa segue os “hábitos” da terreno e apresenta tachinhos, individuais ou para duas pessoas, em que o arroz é o denominador generalidade, porquê Lingueirão com camarão, Polvo com camarão (ambos a €17) ou Camarão com amêijoas (€19). Existem ofertas diárias, destacadas na missiva, mas saiba que pode recontar sempre com uma seleção de peixes para fritar, com destaque para os Filete de peixe-galo com arroz de coentros (€39/duas pessoas). As sobremesas são sempre uma tentação e as farófias já um clássico.
Rua 24 de Junho, 2, Comporta. Tel. 960314173

Leia mais:  Restaurante Esporão: Um novo ciclo no Tempo da Terra

O Folha
Na vitrina estão expostos os peixes e mariscos do dia, mas falar com o par proprietário e perceber que pratos e petiscos estão a transpor da cozinha é sempre a melhor opção, antes de fazer o pedido. Garantidamente, conte com salada de polvo e de ovas (€8), percebes, amêijoas, navalheiras e outros frutos do mar. Absolutamente a não perder o choco frito de coentrada. Para refeições mais robustas conte com peixe para grelhar, incluindo Espetada de lulas com camarão, Arroz de lingueirão e Choco frito com batatas fritas e salada (€11). Mantendo a vertente de moca disponibiliza duas esplanadas fechadas.
Rua 24 de Junho, 28, Comporta. Tel. 265497372

Gomes – Moradia de Vinhos & Petiscos
Depois de quatro décadas a servir os melhores produtos na mercearia, ali muito perto, a família Gomes decidiu ser ainda mais democrática e disponibilizar um espaço de muito comer e tomar. Gomes – Moradia de Vinhos & Petiscos foi o nome de batismo escolhido para a brecha no outono de 2017. A boa novidade espalhou-se e, hoje, a morada é poiso obrigatório na Comporta (só abre às 17h00). Entre os muitos petiscos, referência para a Tábua Mista (€22), com presunto, lombo, e paiola de Barrancos, a Salada de pombo indócil (€10), a Cabeça de xara (€5,50) e, já com grande notabilidade, as Bochechas de porco preto (€9). Boa garrafeira, que pode principiar a explorar na esplanada.
Largo Luís de Camões, Comporta. Tel. 265497748

Cocheira
Não se trata de um restaurante “Pop Up”, mas sim de uma experiência gastronómica obrigatória para quem passa ou frequenta a Comporta. É preciso reservar com antecedência para poder usufruir de um verdadeiro trio de ataque, liderado por Bruno Rendeiro, dirigente de cozinha com larga experiência internacional, e que inclui Filipa Gonçalves, responsável pela pastelaria, e Fábio Sublime, o rabi dos cocktails, que deu outro (bom) sentido à “Hora do Mosquito”. Cozinha de responsável, com recurso a produtos sazonais escolhidos a dedo, constrói um menu, para usufruir ao jantar (só serve almoços ao termo de semana), num espaço elegante e muito decorado, que soube herdar as antigas funções. Muitos dos pratos são para partilhar. O preço médio €45.
Rua do Secador, 9, Comporta. Tel. 930451879

Leia mais:  Novo hotel da Quinta do Lago quer ser referência de luxo no Algarve

Leste item foi publicado na edição do Expresso Quotidiano de dia 30 de agosto de 2018.

Acompanhe o Boa Leito Boa Mesa no Facebook e no Instagram!


Você está assistindo: Da areia à aldeia: onde comer na Comporta

Manadeira:https://portowords.com
Categoria: viajar

Leave a Reply