Enoturismo: Entre a Quinta de Ervamoira e a Quinta do Bom Retiro

Em Vila Novidade de Foz Côa, a Quinta de Ervamoira, adquirida em 1974 por José António Rosas, logo gestor da Moradia Ramos Pinto, tornou-se numa quinta padrão na região do Douro. Hoje, é paragem importante no planta enoturístico da empresa fundada por Adriano Ramos Pinto.

A Ervamoira escapou ao “afogamento” quando se parou a construção da barragem do Côa. A classificação das gravuras rupestres do Vale do Côa uma vez que Património da Humanidade converteu-a na primeira quinta vinhateira a usufruir desse título, por se inserir no perímetro classificado.

De Foz Côa até ao Pinhão, faça uma paragem noutra emblemática quinta do Douro. Adquirida pela Moradia Ramos Pinto em 1919, a Quinta do Bom Retiro dedica-se sobretudo à produção de Vinho do Porto.

A reportagem BCBM TV sobre as quintas de Ervamoira e Bom Retiro foi emitida no contexto do segundo incidente do programa Boa Leito Boa Mesa devotado ao enoturismo, que estreou na SIC Notícias, no dia 29 de outubro.

O projeto “Enoturismo | Wine Tourism by Boa Leito Boa Mesa / Expresso 2016” conta com a parceria da ViniPortugal – Wines of Portugal, o patrocínio da Nissan e o esteio da InfoPortugal.

Acompanhe o Boa Leito Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!


Você está assistindo: Enoturismo: Entre a Quinta de Ervamoira e a Quinta do Bom Retiro

Manadeira:https://portowords.com

Categoria: viajar

Leia mais:  Festival em Oleiros celebra cabrito estonado e vinho Callum

Leave a Reply