Entre o paraíso e o inferno, chef Hugo Nascimento aposta em novo restaurante dedicado às carnes

Hugo Nascimento, apresentado na estreia do programa televisivo da SIC, Hell’s Kitchen uma vez que líder da equipa azul, pode ser um ignoto para a maioria dos portugueses. Mas, a verdade é que o trajectória deste cozinheiro já é longo e referto de sucessos. Ljubomir Stanisic recordou que foi com Hugo Nascimento que há 22 anos começou a trabalhar em Portugal.

De facto, o trajectória do chef fala por si. Desde a colaboração de sucesso em numerosos projetos nacionais e internacionais com Vítor Sobral, uma vez que a Tasca e a Peixaria da Esquina, por exemplo, até à coragem de deixar Lisboa para se destinar ao primeiro restaurante a solo, o Naperon, dedicado à experiência de degustação à mesa no alojamento Casas do Moinho. O Naperon está a ser remodelado e deverá reabrir em finais de abril, enquanto isso surgiu na mesma rua, no pretérito mês de janeiro e em plena pandemia, o Assador-Altinho, cuja marca foi idealizada pela “CO+K – Disruptive Creators”.

No interno do restaurante, anteriormente com o nome de Altinho Tapas & Petiscos Bistrô, acrescentaram-se as ilustrações de Isa Romão e investiu-se principalmente em equipamento. É no forno a carvão que a “magia” acontece. “Havia uma vazio em termos de oferta de carnes, porque no que diz saudação ao peixe estamos muito servidos cá na zona, mas faltava um lugar para manducar um bom bife, uma boa músculos”, explica Hugo Nascimento.

Assador-Altinho DR

A oferta do Assador-Altinho incide nas carnes nacionais feitas no forno próprio a carvão, nomeadamente o novilho maturado que vem do núcleo do Portugal e na músculos de porco alentejana. “Vamos ao que interessa” é a rubrica da ementa do chef onde encontramos a Mesocarpo de Angus maturada grelhada com molho béarnaise, declinada em Naco de 300 g (€19), Entrecôte (€22) e Costeletão 900 g (€45), mas também os Secretos (€14) e o Cachaço (€13) de porco, sempre com maionese fumada. Todavia, em jeito de trocadilho da ementa “Nem tudo o que vem à rede…”, há ainda Lombo de bacalhau, verdes e batata assada (€19) e Polvo no forno com batata-doce e coentros (€19). Para seguir, a ementa sugere Xerém trufado (€3,50), Esmagada de batata (€4) e Vegetais assados (€4,50).

Leia mais:  Quem te viu e quem te vê: restaurante Via Graça renasce e divide-se em dois

O chef explica ainda que “uma vez que uma ementa à base carnes quisemos balancear com uma aposta nos vegetais”. E acrescenta que está “a trabalhar com António Rosa, produtor da batata-doce e da alcagoita”. Fala com exalo de uma salada “de legumes grelhados com laranja, que preparamos para refrescar a epístola, será a mais surpreendente e talvez ex-líbris da Morada”. Tome nota: Folhas grelhadas de laranja, queijo e amêndoas (€9).

Tarte de legumes grelhados DR

A cozinha do Assador-Altinho é “portuguesa, de resultado, sincera”, tal qual uma vez que descreveu na apresentação de si próprio no Hell’s Kitchen. Prova disso é a novidade oferta take-away que o chef idealizou. “Quando encerrámos devido ao Estado de Emergência pensámos que não poderíamos oferecer o que consta da epístola para take-away porque iria desvalorizar o resultado e adaptamo-nos”, conta. “Foi engraçado porque foi uma senhora que chegou ao pé de mim e disse “logo chef quando posso ir aí buscar um franguinho assado?” pelo facto do restaurante ter o nome de Assador, deu-me a teoria de começarmos a vender franguinhos do campo assados e vamos manter nascente take-away de franguinhos porque fazia falta cá na região”, explica.

Para além do Franguinho (€8), há uma Sanduíche de pernil (€6), outro sucesso que será uma novidade da epístola. O take-away tem uma ementa variável, que pode incluir desde a Tarte de legumes assados ao piano grelhado (€11) ou Bacalhau com broa (€19), mas também sempre uma sobremesa, uma vez que, por exemplo, a Tarte de maçãs assadas (€3,50). O take-away irá continuar, mesmo quando pretérito o Estado de Emergência, sendo o horário de terça a domingo das 12h00 às 20h00.

Em zona de veraneio e de praia, o Assador-Altinho também aposta na oferta de petiscos, uma troço batizada de “Já agora”, com pratos de Polvo à galega (€9,50), Tábua de frios (presunto, lombo e cachaço €14) e Ovos rotos (€12).

Leia mais:  Marisco na Praça: Entre o mercado e a marina de Cascais
Sanduíche de pernil assado, uma novidade do takeaway que vai permanecer na epístola do Assador DR

Em finais de abril, Hugo Nascimento voltará a dar asas à imaginação no Naperon, que “mantém a matriz de quando abriu em 2019, mas uma vez que vou ter mais condições, espero apresentar um trabalho de mais eminente nível”.

Atualmente, a equipa do Assador-Altinho (Rua 25 de Abril, 151 B, Odeceixe. Tel.919520220) é constituída por cinco pessoas. Tem 26 lugares, 8 dos quais em esplanada. Mal penetrar portas merece um passeio até Odeceixe.

Pedro Sequeira, Hugo Nascimento e Tiago Santos DR

Entretanto, o chef pode ser visto no programa Hell’s Kitchen. “Não sendo a minha superfície, sabor de fazer televisão, não conhecia aquele nível de televisão e de produção muito eminente, com condições fantásticas e se ao princípio estava muito nervoso, depois as coisas fluem”, relata. “A primeira emissão foi um pouco a apresentação das pessoas, mas será um programa muito dinâmico, com muitas surpresas, que vai ter de tudo, desde o drama à comédia”, conclui.

Chef Hugo Nascimento DR

Você está assistindo: Entre o paraíso e o inferno, chef Hugo Nascimento aposta em novo restaurante dedicado às carnes

Natividade:https://portowords.com
Categoria: viajar

Leave a Reply