Frango Piripíri no Algarve: A arte da (re) criação

É um clássico entre os clássicos, no Algarve. Não há restaurante que não anuncie o famoso “Chicken Piri Piri”. É um verdadeiro emblema gastronómico que contradiz a vocação marinha da região. Mas, a verdade é que nascente é um prato gerador de romarias para a grande maioria dos turistas estrangeiros. A Guia, no concelho de Albufeira, é a capital do jovem galináceo, cá em versão XS, que é porquê quem diz: “Franguinho”. O dito da Guia já atravessou as fronteiras do Algarve e até mesmo as de Portugal. Mas, e esta é uma asserção controversa, o melhor frango de churrasco da região algarvia não “vive” na Guia, mas sim em Monchique. Na estrada que liga à vila termal, encontra (não é fácil, mas o parque viatura denuncia a localização), uma pequena vivenda de comidas, em que o único prato disponível é “Frango no Churrasco / Chicken Piri Piri”. O Moca Poderio ou Idalina dos Frangos (EN 266, 204, Caldas de Monchique. Tel. 282 912 290), porquê também é divulgado, é um tradicional moca/taberna de orla de estrada. A zona interno merece uma visitante, pelo cromatizado e caótico número de artefactos decorativos, mas é na esplanada de mesas e cadeiras de plástico, que melhor se pode respeitar os segredos do melhor frango de churrasco do Algarve.

Para além da simpatia de Dona Idalina e família (infelizmente, o possessor da grelha preferiu manter-se no anonimato), a qualidade do resultado oferecido faz toda a diferença. Cenouras à algarvia e azeitonas servem de entretém, enquanto o pão granjeiro e as lascas de presunto de Monchique (uma verdadeira delícia) fazem frente a um quarto de jarro de vinho tinto. Diretos ao tema: a salada de tomate diferencia-se, desde logo, pelo fragrância do tomate, produzido na quintal e com fado visível todos os dias. Depois, chegam as batatas fritas. Verdadeiras, carnudas e muito tratadas na fritura, confirmando também a sua boa origem. E, a divinização, um frango assado no ponto, de bela cor e supimpa fragrância. Todas as qualidades do resultado destacam-se na prova. Os bichos, antes da grelha, viveram e alimentaram-se pelos terrenos e hortas da zona. Para escoltar o frango, o obrigatório piripíri, produzido “em vivenda” e cuja receita é, obviamente, secreta. Modere o seu uso, para o muito das papilas gustativas. No final, tem ainda doces caseiros algarvios e uma deleitável surpresa: o preço. Entradas, presunto, vinho, meio frango, sobremesa e moca custaram exclusivamente €12,85!

Leia mais:  PortoBay Flores: Novo 5 estrelas do Porto instala-se num palacete com 500 anos

Da serra de Monchique ao paradisíaco resort Vila Vita Parc, em Porches, no concelho de Lagoa, distam exclusivamente 40 quilómetros. Mas, no que ao Frango Piripíri diz saudação, é porquê ir do 8 ao 800 (não é gralha). A qualidade do resultado é o único gavinha de relação, entre a vivenda de Dona Idalina e o trabalho criativo de Hans Neuner, gerente austríaco do restaurante Ocean (Rua Anneliese Pohl, Alporchinhos. Tel. 282 310 200), recentemente renovado e que ostenta duas estrelas Michelin. Foi também premiado com Garfo de Ouro na edição 2016 do guia Boa Leito Boa Mesa.

A trabalhar exclusivamente ao jantar, Hans Neuner propõe no atual menu de degustação a sua versão do famoso Franguinho da Guia: “Frango Piri-Piri com Salada Algarvia”. O gerente explica que a receita é feita, exclusivamente, com pernas do galináceo, que são marinadas durante várias horas. Depois são grelhadas a baixa temperatura e terminadas de cozinhar no forno. Separada da mesocarpo, a pele é cortada em cubos e dourada na frigideira até permanecer crocante. Por sua vez, a mesocarpo é enrolada em mini-rolos com dois centímetros de diâmetro. Já a “Salada algarvia” utiliza diversos tipos de tomate pelado, cortados em fatias finas, além de batata confitada, chalota em pickles e, simples, orégãos, entre outros ingredientes. No meio, aquando da finalização do prato, é colocada uma espuma de tomate grelhado. Para provar nascente “Frango da Guia – Piri-piri” terá de reservar mesa e deixar-se levar por um dos menus de degustação (a partir de €135).

Acompanhe o Boa Leito Boa Mesa no Facebook e no Instagram!


Você está assistindo: Frango Piripíri no Algarve: A arte da (re) criação

Leia mais:  Os restaurantes mais bonitos de Portugal: Porque os olhos também comem…

Manancial:https://portowords.com
Categoria: viajar

Leave a Reply