Já abriu o restaurante na Torre Vasco da Gama: 50 segundos até à “inolvidável” viagem gastronómica de Martín Berasategui

Rigoroso, fidedigno, enamorado e perfecionista. É o próprio Martín Berasategui a escolher os adjetivos que o caracterizam, na sua página de Facebook.“Senhoril o meu trabalho”, acrescenta, antecipando a brecha do muito aguardado Fifty Seconds by Martín Berasategui. O novo restaurante do Myriad by SANA Hotels ocupa o topo da Torre Vasco da Gama, em Lisboa, perto do firmamento estrelado…e abriu no dia 6 de novembro.

Cinquenta segundos é quanto morosidade a subida de elevador até ao restaurante. Com oito estrelas Michelin no currículo, Martín eleva a fasquia no primeiro repto em Portugal. Quer que no Fifty Seconds se faça “uma viagem inolvidável, que não saia da cabeça, do coração e do paladar”. Há quatro anos a trabalhar com Martín, Filipe Roble, director executivo do Fifity Seconds, assume que “o objetivo é claramente indicar às estrelas Michelin”.

Para lá chegar, é preciso “tempo”, trabalho e consistência. Mas o envolvente da sala e a inspiradora localização, a 120 metros de profundidade, sobranceira ao rio Tejo, facilitam a “aprendizagem”. Com base basca e francesa, Berasategui abraça a “cozinha com muito sabor”. Dá, também, “liberdade” para o auxiliarem no ilustração de novos pratos, conta Filipe Roble.

Conte com clássicos uma vez que o Milénio-folhas caramelizado de foie gras, maçã virente e enguia, a Salada de verduras, ervas e pétalas, brotes com puré de alface e lavagante, e o Salmonete com escamas crocantes, funcho e açafrão e ravioli de tinta de choco. Mas também com peixes da nossa costa, menos usados, uma vez que o Tamboril, com o naco a grelhar, escoltado de texturas de lingueirão, coco e caril vermelho. E ainda a Pescada grelhada, com cebola trufada e amêijoas. Quando a pescada fica “no ponto de cozedura claro, é espetacular!”, considera o director executivo.

Leia mais:  Costa Nova Beach Club: Muito mais do que um bar de praia

A missiva estará em ordenado mudança, trabalhando o que o mercado dá e os “produtos de qualidade”. Nas carnes, prove o Lombo de novilho assado na brasa, o Coelho do monte “à la Royale” e a Pá de borrego de leite com soro de parmesão e cogumelos silvestres. Próprio atenção para os “produtos de temporada”. Nesta profundidade, por exemplo, “faz sentido usar citrinos”, em sobremesas uma vez que a Infusão de arroz, leite e cardamomo, pistácio, yuzu e kalamansi e ainda o Txakoli com laranja, gelado de casca de limão e granizado de laranja sanguínea.

Pode pedir à missiva ou escolher um de dois menus de degustação, de 120 ou 160, e entre três pairings de vinhos: €60, €80 ou €120. Além de Filipe Roble (passagens pelo Lasarte, com três estrelas Michelin, em Barcelona; Feitoria; Fortaleza do Guincho; Vila Joya), a equipa conta com Edgar Rocha (Yeatman; Eleven), Maria João Gonçalves (Lasarte; Belcanto; Vila Joya), uma vez que director pasteleira e Joana Gonçalves (ex-Bon Bon) uma vez que sub-chefe, Marc Pinto no lugar de sommelier e Inácio Loureiro (ex-Fortaleza do Guincho) uma vez que director de sala.

“É um projeto ávido, que nos coloca no planta da restauração a nível internacional e conseguimos ter em Portugal, neste espaço, o Martín Berasategui, o director com mais estrelas Michelin de Espanha. É o palco perfeito, uma cozinha panorâmica e experiência única com um dos maiores chefes do mundo da subida cozinha”, refere Pedro Miguel Ramos, Brand Manager do Grupo SANA. Com exclusivamente 35 lugares, o Fifty Seconds (Torre Vasco da Gama, Cais das Naus, Parque das Nações, Lisboa. Tel. 211 525 380) abre ao almoço e jantar, fecha ao domingo e segunda-feira.

Leia mais:  Restaurante Novo 10: Celebrar o salmonete em Setúbal

Acompanhe o Boa Leito Boa Mesa no Facebook e no Instagram!


Você está assistindo: Já abriu o restaurante na Torre Vasco da Gama: 50 segundos até à “inolvidável” viagem gastronómica de Martín Berasategui

Manadeira:https://portowords.com

Categoria: viajar

Leave a Reply