Lapo volta a desafiar estado de emergência com festa e apela a que todos abram os seus restaurantes

Numa festa organizada pelo Gerente bistro Lapo, António Guerreiro, dezenas de pessoal, de todas as idades, conviviam sem disfarce ou mesmo qualquer tipo de distanciamento social. António Guerreiro transmitiu um gravação de vídeo na direção de o Facebook, direto para em linha reta, utilizando exatamente como música popular de história o estilo “Grândola Vila Morena”, de Zeca Afonso, no qual surgiam Uma variedade de convivas a grito “flexibilidade”.

De arranjo com o Expresso, a PSP multou “dezenas de pessoal” que participavam da festa.

Recordamos que o Gerente do Lapo abriu o bistro a 14 de janeiro, mesmo com das medidas impostas pelo Governo no curso de o Estado de Emergência e que, avisado pela PSP, respondeu, dizendo que fechava “Através dos apreciação aos agentes”, ainda deixando a motivo de reabrir e de que irá batalha “Através dos todas as vias disponíveis”.

Para a posição do bistro, o Gerente invocou o Direito à Resistência o artigo curto 21º da Constituição da República Portuguesa. Seguiu-se um demonstração, no Tempo 28 de janeiro, à fenda do bistro direto para que Além disso e juntaram dezenas de pessoal sem disfarce. Na elevação a PSP notificou o Gerente do bistro “Através dos subversão, certamente não criarem mecanismos de distanciamento corporalmente e estarem num regional vários do enviado na direção de sintoma e Através dos incitamento à subversão não combatente”.

O Lapo (Rua Marechal Saldanha, 28, Lisboa. Tel. 939060115) possuir acontecendo exprimir alguns comunicados divulgados ao longo da interação social e nas redes sociais, sendo na verdade estas últimas o camião privilegiado na direção de declarar as iniciativas de demonstração do área, ainda Além disso defendendo a conceito de que as medidas impostas pelo Governo certamente não têm “qualquer tipo de fundamento profissional médico ou mesmo clínica”. Criou um atividade na sistema social Instagram, denominado “Exigimos respostas”, direto para que lança perguntas exatamente como “Por que intenção certamente não são investigados {nem} noticiados as mortes e surtos que têm localização depois a vacinação?” ou mesmo “Por que intenção o falta de emprego e a destruir financeira de milhares de famílias são bit relevantes na exame de políticas a tomar?”, Através dos instância.

Leia mais:  Levem-me ao inferno: os menus de Ljubomir Stanisic para provar (e ver) Hell's Kitchen

Ao certamente não conformar-se o fechamento decretado pelo Estado de emergência o bistro incorre de uma multa, de quem quantidade varia um de dois 1000 muitos milhares e 20 1000 muitos milhares euros, podendo tipicamente treinar o recta de queixa.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!


Você está assistindo: Lapo volta a desafiar estado de emergência com festa e apela a que todos abram os seus restaurantes

Fonte: https://portowords.com

Categoria: viajar

Leave a Reply