Mergulhar na Serra da Estrela: Cortes do Meio, a Capital das Piscinas Naturais

É um daqueles segredos guardados à vista de todos. Na localidade de Cortes do Meio, perto do Tortosendo, concelho da Covilhã, há 12 piscinas naturais à espera, para refrescar o verão. Algumas quase à extremo da estrada, outras que obrigam a uma jornada, mas todas com águas puras, encantos vários e uma formosura oriundo única. Aliás, desde o dia 21 de novembro de 2019 que, diz a página da Rádio Covilhã, “Foi publicado o despacho que confere à Freguesia de Cortes do Meio o título de Capital das Piscinas Naturais”.

Mal se chega a Cortes do Meio é fácil divisar as placas que indicam a direção para as piscinas. A mais próxima da localidade é o Poço da Fatela, uma piscina comprida, depois de uma queda de chuva, onde pode aproveitar uma massagem oriundo. Logo a seguir fica o Poço da Ponte Velha com estacionamento perto, pouco profundo, perfeito para chapinhar na chuva e com uma zona verdejante para estender a toalha. Seguindo o curso da chuva, o Poço da Monteira é a praia fluvial que se segue, também com quedas de chuva e uma vasta extensão de chuva, vai tolerar obras de melhoramentos, para 2021 está prevista a desenlace de um bar e de uma estrutura de suporte, e no velho molinho será instalado um núcleo de interpretativo da moedura.

Facebook da Junta de Freguesia de Cortes do Meio

No Poço das Azenhas ainda é verosímil observar uma as ruínas de vários molinho, já que era cá que se encontrava a maior quantidade de moinhos da ribeira. Vê-se também as ruínas de uma fábrica de lanifícios, e prepare-se, que o chegada não é fácil. Mas depois da jornada, encontra uma piscina oriundo comprida e com alguma profundidade. Pelas placas, a partir da povoação, chega-se facilmente ao Poço do Funil. Dizem ser um dos mais bonitos poços do curso de chuva, com uma pequena cascata e profundidade para mergulhos, mas também tem uma zona de sota com sombra.

Leia mais:  Mato à Vista: ensopados, estufados e feijoadas à mesa 

No Poço do Forno Velho encontramos uma piscina extensa que, diz o Expresso, “Tem uma mito associada”. Por ali terreno sido erguida a primeira moradia da Bouça, por um homiziado à justiça, que depois é perdoado por ter desvelado a Nascente dos Calções. Já o Poço da Formiga é um dos maiores poços da ribeira. Tem uma cascata onde se pode resvalar para a chuva e uma ponte que dá chegada ao Poço do Combarão que fica logo ao lado.

Facebook da Junta de Freguesia de Cortes do Meio

O Poço do Embude é a piscina que se segue, pequena, com várias cascatas pequenas, e a seguir faca o Poço da Penha Fundeira de formosura rara, mas pouca espaço de banhos. Prefeita para fotografias para as redes sociais. O Poço do Inferno ou Penha Cimeira é um pouco mais supra, entre duas rochas e de difícil chegada, perto de um abrigo de pastores, faltando unicamente uma visitante ao Poço do Brejo, profundo entre as rochas, o Poço do Meio Quartilho, com características semelhantes, para terminar no Poço da Cascata, uma das mais bonitas de todas, com uma queda de chuva a encher uma lagoa.

A Junta de Freguesia de Cortes do Meio (Tel. 275971801) fornece todas as informações necessárias para fazer uma visitante às cascatas e aos poços. Recomenda-se roupa adequada à estação e calçado confortável, uma vez que a maior secção delas, só é atingível por trilhos e caminhos na floresta.

Viver Portugal

Pode encontrar mais sugestões de praias fluviais nos guias Viver Portugal oferecidos com Expresso ao longo deste verão.

O Expresso juntou-se à SIC para lançar a iniciativa Viver Portugal, simbolicamente apresentada a 10 de junho, Dia de Portugal, com o objetivo evidente de promover o que é português, através da televisão, do papel e do do dedo. A iniciativa Viver Portugal, pode ser acompanhada em www.expresso.pt/viverportugal.

Leia mais:  A neve voltou. Conheça 9 hotéis obrigatórios na Serra da Estrela

Acompanhe o Boa Leito Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!


Você está assistindo: Mergulhar na Serra da Estrela: Cortes do Meio, a Capital das Piscinas Naturais

Nascente:https://portowords.com
Categoria: viajar

Leave a Reply