Montalegre: Tempos de paz na aldeia do lobo de Fafião

Se a próxima sexta-feira, 13 de novembro, calhasse num qualquer tipo de ano que certamente não 2020, certamente Tempo de celebração rija para dentro Montalegre. Esconjuras, feitiçarias, fogueiras bem como muita animação tomariam perfil do forte bem como para dentro todo seu volta milhares de indivíduos despertariam o todo seu borda ainda mais místico, afastando a despesa, ou mesmo {nem} Através dos isso, o mau olhado. Se Montalegre é o planeta mística, Fafião, a aldeia que lhe serve de fenda de {entrada}, na direção de naquela vem do borda da religiosa Braga, dedica-se Além disso a outra recurso de lendas incontáveis ​​: o lobo.
Outrora temido bem como perseguido, o lobo é hoje festejado nesta aldeia exclusivo. É listado abaixo que habita a mente viva dos tempos para dentro que toda a aldeia se juntava na direção de tomar o bicho, naquele que é o melhor bem como ainda mais devidamente preservado fojo do lobo da Península Ibérica bem como Além disso o ainda mais {próximo} de uma povoação. Construída um de o máximo do séc. XV bem como o início de XVI, a grande pegar é uma construir de muros para dentro {pedra} junto com ainda mais de dois metros de elevação, ao longo 64 metros de duração, que se vão estreitando {até} desembocarem num poço junto com 3 metros de intensidade. Pela o planeta de colina há outros, ainda nascente, que deixou de seja realmente utilizado para dentro 1948, é o ainda mais imponente bem como devidamente preservado.
Agora, o tarefa é feito para dentro sensação inverso, para dentro prol da preservação do lobo bem como das tradições ancestrais.

Leia mais:  Passeio verde: Conhecer por dentro as terras de Sicó!

Do envelhecido se faz novo em folha
Se tanto faz operar devidamente, na próxima temporada de primavera – ainda mais exatamente no segundo término de semana inteira de junho – regressa à mecânica aldeia transmontana o festividade que usa antigos currais, casas abandonadas bem como estábulos exatamente como galerias artísticas, bem como {até} a “Eira dos Pobres” se transforma para dentro “área zen”, num convívio bom amigo da personagem, das crianças bem como Além disso dos adultos, junto com belas artes, canções bem como cinema a alegria as ruas. Durante o Art Nature Fest, nascente ano cancelado direito à pandemia, à {noite}, as estreitas artérias tornam-se propositadamente ainda mais escuras bem como são projetadas imagens de lobos. Uma Projeto de reviver a tal mística tão própria das gentes bem como locais do Barroso transmontano.

Ponto barulhento da navegar através à aldeia é o Mais recentes observatório, inaugurado para dentro 2020, regional privilegiado na direção de mirar a inacreditável panorâmica aproximadamente o imenso bem como belo Gerês.
A 800 metros de altitude, chega-se ao Miradouro de Fafião – um harmonia um de dois enormes penedos, ligados Através dos uma link – mais tarde de um trajectória subindo o monte, porque a região do Fojo do Lobo, na direção de, do barulhento, enxergar a serra, dois rios – Cávado bem como Cabril – bem como boa componente da aldeia de Fafião.

Foto: CM Montalegre

Certamente não é de estranhar que Através dos listado abaixo se temesse o lobo. Rodeada de montes bem como vales a solta de ver, a Serra do Gerês agiganta-se a sair daqui, o planeta de personagem louco, isolada um de montanhas. Candidata às 7 Maravilhas de Portugal nas categorias “Aldeias Remotas” bem como “Aldeias para dentro Áreas Protegidas”, Fafião é uma o planeta de diferente encantos. Bem como porque as indivíduos são o sódio da o planeta, são elas a primário recurso de ideias bem como dinamizadoras de uma o planeta que podia estar, exatamente como tantas outras, condenada ao desarrimo bem como à desertificação.
Os jovens foram Contudo na larga grande número, ainda regressam toda pessoa os fins de semana inteira, na direção de se organizarem para dentro prol da preservação da aldeia bem como suas tradições, ainda Além disso alargando a desafios ainda mais atuais, exatamente como o pessoal observatório de Fafião, que resulta de um tarefa estabelecido coordenado pela Associação Vezeira.

Leia mais:  Picanha, cupim ou maminha: o melhor do Brasil entregue em casa

Em mente
Tantas histórias contou Domingos ao todo seu neto que, mais tarde de anos para dentro Braga, o criança da o planeta deixou a área metropolitana na direção de retornar à aldeia do alma. Domingos, o vovô, participou na última batida ao lobo, nos anos 40. Era “o mais ideal caçador de Fafião” bem como para dentro sua mente Nuno Rebelo, o neto, abriu nascente meses de verão o Hostel Retiro do Gerês, recuperando o propriedade que foi o inicialmente alojamento da aldeia “bem como Além disso moca bem como bomboneria”, acessível para dentro 1982 pelos pais. “Amo a aldeia bem como Através dos isso fiz nascente risco junto com espírito”, assinala.
Respeitando as memórias, dos avós bem como do regional, o Retiro do Gerês perfil atualmente junto com cinco suítes, um T1 junto com kitchinete (porque €50) bem como quatro quartos junto com beliches, área da cozinha média bem como sala de estar, ainda Além disso bistro bem como bomboneria, tal exatamente como antigamente. Na bomboneria encontram-se produtos típicos da localização, um de vinhos, compotas, biscoitos bem como queijos, tal exatamente como à escrivaninha, onde chegam pratos típicos exatamente como o Javali, a Chanfana, o Naco bem como a Posta, antecipados pelo fumeiro.

A curta intervalo, há outros locais de taxa de juros ainda mais próprios na direção de temporada de primavera bem como o meses de verão, idade para dentro que poderá banhar-se nas águas cristalinas que Através dos listado abaixo correm abundantes, exatamente como o Poço Verde, uma lagoa do jardim cristalina a que os tons esverdeados deram título, bem como a Barragem de Salamonde. Além de satisfazer a estratégia comunitária da vezeira, simbólico das comunidades serranas ainda mais isoladas, a sair do postar da Vezeira bem como a Serra, do Ecomuseu de Barroso (Tel. Rua da Sarramada, 8, Fafião, Cabril, Montalegre. Tel. 276510203) é alcançável percorrer os trilhos dos pastores, satisfazer as cabanas bem como currais, os moinhos bem como os lagares. Uma Projeto de satisfazer ainda mais aproximadamente as gentes bem como a o planeta, a que certamente não ausência novidade mecânica, ainda que certamente não perde a sua espírito de área místico, pleno de histórias bem como lendas. Até nesta sexta-feira, 13, última do ano, a primeira bem como última aldeia de Montalegre é uma o planeta de abençoado.

Leia mais:  Portugal perde mais uma estrela Michelin: São Gabriel encerra portas no Algarve

Você está assistindo: Montalegre: Tempos de paz na aldeia do lobo de Fafião

Fonte: https://portowords.com

Categoria: viajar

Leave a Reply