Município investe no melhoramento de cemitérios

Uma das principais intervenções, atualmente em curso, é a requalificação do Cemitério de Nossa Senhora da Piedade, que envolve a manutenção das coberturas das diversas construções existentes, bem como a pintura das instalações administrativas, do armazém, balneários, escadas, muros e alçados dos ossários e a recuperação de calçadas.

“Entendemos que era necessário requalificar a imagem deste equipamento e melhorar as condições para quem aqui vem prestar homenagem aos entes queridos”, refere a vereadora das Atividades Económicas, Eugénia Silveira.

A intervenção, iniciada em março e com conclusão prevista para o final de julho, está a ser realizada pelos serviços municipais.

Em breve, vai, igualmente, avançar uma obra de arranjos exteriores na parte superior do equipamento municipal, com o objetivo de concessionar terrenos, para a construção de cerca de 250 campas ossários.

“Esta ampliação vai responder à procura que o Cemitério de Nossa Senhora da Piedade tem registado.”

Eugénia Silveira destaca, ainda, que “a obra de reabilitação da Capela de Nossa Senhora da Piedade está concluída no exterior”, sendo que no interior decorre o restauro da cúpula por uma empresa especializada, com o acompanhamento de um técnico municipal.

Além das intervenções que vão melhorar o equipamento municipal, a autarca revela que a Câmara Municipal de Setúbal está a fazer um levantamento com o objetivo de elaborar a Carta do Património do Cemitério de Nossa Senhora da Piedade.

Este cemitério, datado de meados do século XIX, “tem um património extraordinário ao nível dos jazigos e das campas. Aqui estão sepultadas muitas figuras ilustres da história da Cidade”, sublinha.

A intenção é disponibilizar uma ferramenta com a indicação de elementos que devem ser preservados, a nível da arquitetura e a nível histórico-cultural, e para dar a conhecer quais são os setubalenses ilustres sepultados no Cemitério da Piedade.

A ampliação do Cemitério da Paz é outra importante intervenção em curso, num investimento municipal de cerca de 250 mil euros que vai dotar aquele equipamento de mais 800 ossários.

Numa primeira fase foram construídos 312 ossários, sendo que está a decorrer a segunda fase da obra para construir mais 488 de forma a aumentar a capacidade de resposta do equipamento localizado na zona de Algeruz.

Esta ampliação integra o leque de investimentos qualificadores da rede de cemitérios municipais, com o objetivo de beneficiar a organização e gestão dos espaços.

Os trabalhos, executados por fases, incluíram, em 2020, a construção de uma centena de ossários no cemitério de Vila Nogueira de Azeitão e de 48 no de Vendas de Azeitão, o que se traduz num investimento de perto de 40 mil euros.

Também nos cemitérios de Azeitão a autarquia procedeu à requalificação das zonas de gestão de resíduos, que “agora se encontram mais bem acondicionadas”.

A criação de acessibilidades para os novos ossários e de zonas verdes são outras intervenções a realizar no Cemitério da Paz, onde decorre, desde a semana passada, uma ação de limpeza e manutenção de espaços verdes.

“As ervas cresceram em zonas onde ainda não existem lajetas, devido às chuvas de abril e maio. Apesar da manutenção regular que é realizada por uma empresa contratada para esse serviço, houve muito trabalho neste cemitério nos últimos meses, devido à pandemia.”

You read the post:Município investe no melhoramento de cemitérios

Leave a Reply