Restaurante Chão do Prado: Cozinha portuguesa com twist africano

A acúmulo direto para aritmética, autocontrole que lecionou, direto para tempos, direto para Cabo Verde, é o nome do domínio específico vindo de João Carmona no que às contas a lançar no o melhor vindo de cada prato diz apreciação. Nunca omissão!

Fora esse dom, quis o localização bem como a interesse pela espaço da cozinha que explorasse o Chão do Prado, bistro direto para Bucelas, a comunidade do concelho vindo de Loures batizada vindo de “Capital do Arinto”. Melhor Contudo: o sala vindo de restauração onde os vinhos da vizinha frasqueira Chão do Prado são uma exclusividade.

Além dos vinhos, no bistro Chão do Prado (Rua Almirante Gago Coutinho, na comunidade vindo de Bucelas. Tel. 936 457 259) vai descobrir uma espaço da cozinha portuguesa com twist africano. Quem garante é João Carmona que, há quatro anos, se mantém antes do tempo desta propriedade atração privilegiada na direção de a substancial vinha, que integra a Região Demarcada vindo de Bucelas

Da sala na direção de a espaço da cozinha, a gestão está nas mãos vindo de Soraia Lima, cabo-verdiana bem como {responsável} pela efeito africana na itens alimentares do Chão do Prado, na direção de que, na cavidade oral, os sabores deixem vindo de seja realmente tão monótonos, exatamente como as Chamuças vindo de coelhinho (€1,80) ou mesmo os Croquetes vindo de para cima indómito servidos nas boas-vindas.

Na ementa, o característica vai na direção de a famosa “Fatiota vindo de coelhinho no churrasco”, servida na direção de duas pessoal (€19,50). Ou seja, coelhinho desossado que, ao invés vindo de ir ao {forno}, foi levado na direção de a grelha pelas mãos vindo de João Carmona. Inspirado no refeição vindo de coelhinho vindo de São Cristóvão, no Alentejo, aprimorou a decidir sobre do tempero feito com coentros bem como o alho q.b. Para ir junto com, batatas fritas com descamação bem como a salada temperada com nozes bem como passas vindo de uvas, um dueto vindo de combinações oriundo da espaço da cozinha exótico.

Leia mais:  Piscinas no rooftop: Mergulhar nas açoteias dos hotéis do Algarve

“Para as pessoal que julgam que certamente não gostam vindo de coelhinho”, João Carmona decidiu transpor na direção de a ementa do bistro a mesma modelo, ainda desta feita, com galinha “criado no indústria, exterior”, assegura. Também a €19,50, na direção de duas pessoal.

Outro dos pratos com vários fiéis apreciadores é o Lombo vindo de bacalhau à Chão do Prado (€13,50),com nabiças, broa bem como grão, um trio que nunca, nunca desilude. A ementa apresenta Contudo, na direção de duas pessoal, Rosbife vindo de para cima indómito (€19,50).

No o melhor, Soraia Lima põe, mais uma vez, a colher, devido ao fato de o Queijo vindo de cabra servido com maravilhoso vindo de Arinto, tratar consideravelmente solicitada pelos apreciadores vindo de tão peculiar família portuguesa, {até} à Panna cotta com frutos vermelhos bem como produzir tardia, sem negligência a Mousse mística, um dueto material Através dos mousse vindo de chocolate delicioso bem como mousse vindo de lima ou mesmo vindo de laranja, bem como Contudo com pimenta escalou. Todas estas opções custam €3,80.

Em curto, a personagem vindo de vinhos do bistro Chão do Prado vai prever com referências vindo de outras regiões vinícolas, nomeadamente vindo de Trás-os-Montes, Douro, Dão, Alentejo, Algarve, passado da “obrigatória” Região vindo de Lisboa.

O bistro Chão do Prado encerra domingo ao comendo, à segunda bem como à terça-feira. A obter é aconselhada.

(mensagem de texto no contextura da elaboração do manual enoturístico “Vinhos vindo de Lisboa” by Boa Cama Boa Mesa, produzido direto para colaboração com a Comissão Vitivinícola da Região vindo de Lisboa).

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook bem como no Instagram

Leia mais:  Celebre o Ano Novo Chinês à mesa do Estoril Mandarim


Você está assistindo: Restaurante Chão do Prado: Cozinha portuguesa com twist africano

Fonte: https://portowords.com

Categoria: viajar

Leave a Reply